top of page
  • elmaradutra

Quem tem Esquizofrenia tem direito ao BPC LOAS?

BPC-LOAS: Apoio Fundamental para Pessoas com Esquizofrenia


A esquizofrenia é uma condição de saúde mental complexa que pode impactar profundamente a vida de quem a enfrenta, bem como a de seus familiares e cuidadores. Nesse contexto, o Benefício de Prestação Continuada (BPC-LOAS) se revela como um importante recurso de apoio para aqueles que vivenciam os desafios dessa condição.


O QUE É BPC LOAS?


O BPC-LOAS é um benefício assistencial garantido pela Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS), destinado a pessoas com deficiência e idosos em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Para indivíduos diagnosticados com esquizofrenia, esse benefício pode representar uma fonte crucial de sustento e acesso a recursos essenciais.


Nesse contexto, o BPC-LOAS surge como uma rede de segurança vital. Este benefício proporciona um pagamento mensal no valor de um salário mínimo para aqueles que se enquadram nos critérios estabelecidos, ajudando a garantir que as necessidades básicas de subsistência sejam atendidas. Além disso, o BPC-LOAS também pode abrir portas para acesso a outros serviços e programas de apoio social.


No entanto, é importante destacar que o processo para obtenção do BPC-LOAS pode ser complexo e exigir documentação específica que comprove a condição de saúde e a situação socioeconômica do solicitante. Portanto, contar com o apoio de profissionais capacitados, como assistentes sociais e advogados especializados em direito previdenciário, pode ser fundamental para garantir que o processo seja conduzido de forma eficaz.


CRITÉRIOS PARA TER DIREITO AO BENEFÍCIO


  1. Deficiência: O solicitante deve apresentar uma deficiência que o impeça de participar de forma plena e efetiva na sociedade, limitando sua participação e autonomia. A deficiência pode ser física, mental, intelectual ou sensorial e deve ser permanente, ou seja, ter duração mínima de dois anos.

  2. Renda Familiar: A renda mensal per capita do grupo familiar não pode ultrapassar 1/4 (um quarto) do salário mínimo vigente. Isso significa que a renda total da família, dividida pelo número de pessoas que compõem o grupo familiar, não pode ser superior a 1/4 do salário mínimo.

  3. Cadastro no CadÚnico: É necessário que o requerente e sua família estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). O CadÚnico é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo o acesso a diversos programas sociais, incluindo o BPC-LOAS.


Além disso, é importante ressaltar que o BPC-LOAS não é acumulável com outros benefícios previdenciários ou assistenciais, como aposentadoria, pensão por morte, seguro-desemprego, entre outros.


PASSO A PASSO COMO DAR ENTRADA NO BPC LOAS


Para solicitar o Benefício de Prestação Continuada (BPC) da Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS) através do Meu INSS, você pode seguir os passos abaixo:

  1. Acesso ao Portal Meu INSS: Acesse o site do Meu INSS (https://meu.inss.gov.br/) e faça login com seu CPF e senha. Se ainda não tiver cadastro, será necessário criar uma conta.

  2. Agendamento do Atendimento: No menu do lado esquerdo, selecione a opção "Agendamentos/Solicitações" e depois clique em "Novo Requerimento".

  3. Pesquisa do Serviço: Na barra de pesquisa, digite "Benefício de Prestação Continuada" e selecione a opção correspondente.

  4. Preenchimento dos Dados: Preencha as informações solicitadas sobre o requerente do benefício, incluindo dados pessoais, informações familiares, dados de residência, informações sobre a deficiência, renda familiar, entre outros.

  5. Anexar Documentos: Escaneie ou fotografe os documentos necessários para comprovar os requisitos do benefício, como identidade, CPF, comprovante de residência, laudos médicos que atestem a deficiência, entre outros. Anexe esses documentos no sistema.

  6. Revisão das Informações: Revise cuidadosamente todas as informações fornecidas para garantir que estejam corretas e completas.

  7. Envio do Requerimento: Após preencher todas as informações e anexar os documentos necessários, envie o requerimento.

  8. Acompanhamento do Pedido: Após o envio do requerimento, acompanhe o andamento do processo através do próprio portal Meu INSS. O sistema irá informar sobre a análise do pedido e possíveis pendências.

  9. Atendimento Presencial (se necessário): Caso seja solicitado pelo INSS, compareça à agência do INSS mais próxima para apresentar documentos originais ou realizar alguma etapa presencial do processo.

Lembre-se de que o processo de análise do BPC-LOAS pode demorar um pouco, e é importante manter-se informado sobre o andamento do seu pedido. Em caso de dúvidas ou necessidade de mais informações, você também pode entrar em contato com a Central de Atendimento do INSS pelo telefone 135.


Consulte um Advogado especialista em direito previdenciário e saiba sobre seus direitos!

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page